controles e soluções dedetizadores

Área do Cliente

VOCÊ QUE É NOSSO CLIENTE, TENHA ACESSO AO SEU ADMIN

CLICANDO AQUI.

Serviços

» VEJA MAIS SERVIÇOS
solicite orçamento

Limpeza de Caixa de Água

Todos sabemos da importância de manter reservatórios limpos. 

 

Realizamos a limpeza e higienização de reservatórios de água.

 

Custo de uma limpeza e higienização de caixa de água:

 

A partir de R$390,00 – base maio de 2017. Variável em função da distância até o local, acessibilidade, tamanho do reservatório e horário para realização do serviço.

 

 

Como trabalhamos:

 

1. Utilização de bomba elétrica para esgotamento da água no interior do reservatório;

2. Lavagem do reservatório com água residual;

3.Aspiração do reservatório, removendo todas as partículas sólidas (remoção com pano não limpa adequadamente);

3. Lavagem do reservatório com posterior esgotamento e aspiração;

4. Utilização de Hipoclorito de Sódio para lavagem do reservatório;

5. Esgotamento da água com Hipoclorito de Sódio via canalização para limpeza da mesma (abertura de torneiras, chuveiros, sanitários e todos os pontos de saída de água do reservatório);

6. Abertura do registro, retornando o fornecimento de água para o reservatório.

Lembrando que é de responsabilidade do cliente interromper o abastecimeto de água no reservatório com antecedência para reduzir o volume de água descartado.

 

 

IMPORTANTE:

Não somos responsáveis pelo pagamento da água descartada e utilizada na limpeza do reservatório.

Lembre-se: o descarte, a limpeza e o reabastecimento traduzem-se em consumo de água adicional ao existente.

Reserve um volume de água para atender suas necessidades enquanto a limpeza no reservatório é procedida.

Pode haver interrupção no fornecimento de água pela EMBASA antes, durante ou logo após à realização da limpeza do reservatório.

 

 

Consulte-nos sem compromisso.

 

 

 

A legislação orienta a fazer limpezas no máximo a cada seis (06) meses, exemplos:

 

LEGISLAÇÃO FEDERAL:

 

RESOLUÇÃO DA DIRETORIA COLEGIADA – RDC 91 de 30 de junho de 2016

Dispõe sobre as Boas Práticas para o Sistema de Abastecimento de Água ou Solução Alternativa Coletiva de Abastecimento de Água em Portos, Aeroportos e Passagens de Fronteiras.
Art. 13. Os reservatórios devem ser limpos e desinfetados, por profissionais qualificados para realização da atividade, a cada 180 (cento e oitenta) dias ou após a realização de obras de reparo e sempre que houver suspeita de contaminação.

 

RESOLUÇÃO DA DIRETORIA COLEGIADA – RDC Nº 67, DE 8 DE OUTUBRO DE 2007

Dispõe sobre Boas Práticas de Manipulação de Preparações Magistrais e Oficinais para Uso Humano em farmácias.

 7.5.1. Água Potável: A farmácia deve ser abastecida com água potável e, quando possuir caixa d’água própria, ela deve estar devidamente protegida para evitar a entrada de animais de qualquer porte ou quaisquer outros contaminantes, devendo definir procedimentos escritos para a limpeza e manter os registros que comprovem sua realização.

7.5.1.1. Caso se trate de caixa d’água de uso coletivo, a farmácia deve ter acesso aos documentos referentes à limpeza dos reservatórios, mantendo cópia dos mesmos.

 

Resolução RDC nº 216, de 15 de setembro de 2004

Dispõe sobre Regulamento Técnico de Boas Práticas para Serviços de Alimentação.

4.4 ABASTECIMENTO DE ÁGUA

4.4.4 O reservatório de água deve ser edificado e ou revestido de materiais que não comprometam a qualidade da água, conforme legislação específica. Deve estar livre de rachaduras, vazamentos, infiltrações, descascamentos dentre outros defeitos e em adequado estado de higiene e conservação, devendo estar devidamente tampado. O reservatório de água deve ser higienizado, em um intervalo máximo de seis meses, devendo ser mantidos registros da operação.

 

LEGISLAÇÃO ESTADUAL:

 

São Paulo

Comunicado CVS 006, de 12 de janeiro de 2011
Limpeza e Desinfecção de Caixas-d’água


Fonte: 

http://www.cvs.saude.sp.gov.br/zip/Comunicado%20CVS%20006.pdf

 

Rio de Janeiro:


Dec. Estadual 20356-94 - Limpeza de Caixa d'água
Regulamenta a Lei n.º 1.893, de 20.11.91, que estabelece a obrigatoriedade de limpeza e higienização dos reservatórios de água para fins de manutenção dos padrões de potabilidade.

Fonte: http://www.macae.rj.gov.br/midia/conteudo/arquivos/1409089390.pdf

 

Paraná:

Código Sanitário do Paraná -Sesa

Fonte: www.saude.pr.gov.br/arquivos/File/Codigo_Saude.pdf

Art. 188. Os reservatórios terão a superfície lisa, impermeável e resistente, não podendo ser revestida de material que possa contaminar a água e serão providos de:(...)                
 VII. Será obrigatória a limpeza periódica dos reservatórios de água, por período não superior a seis meses.

Rio Grande do Sul:

LEI N.º 9.751, DE 05 DE NOVEMBRO DE 1992.
Estabelece a obrigatoriedade da limpeza e higienização dos reservatórios de água, para fins de manutenção dos padrões de potabilidade.
Fonte: https://www.mprs.mp.br/ambiente/legislacao/id11093.htm

 

 

LEGISLAÇÃO MUNICIPAL:

 

Porto Alegre – Rio Grande do Sul

NORMA TÉCNICA 2/07
Esta Norma dispõe sobre a Regulamentação e Controle das Condições Sanitárias de Reservatórios de Água Potável de Prédios e Habitações Coletivas.

 

Luís Eduardo Magalhães - Bahia

LEI ORDINARIA n° 741/2016 de 15 de Março de 2016

Dispõe sobre a obrigatoriedade de manutenção de caixas d'água limpas e tampadas nos estabelecimentos comerciais, industriais e prédios residenciais no Município de Luís Eduardo Magalhães, e dá outras providências.

 

 

Existem inclusive penalidades pelo não cumprimento das mesmas.

 

solicite orçamento